domingo, 12 de fevereiro de 2012

Sétimo Capitulo | Passagem de tempo e lua-de-mel |

Para quem não conhece a musica chama-se "Back at One" e é de Brian McKnight. Espero que gostem. Não se esqueçam de dar dicas para musicas, eu agradeço a quem o faça. :)


A cabeça de Vanessa estava confusa, num completo e apertado nó, não sabia o que pensar ou o que fazer. Zac já tinha ido embora, estava sozinha em casa sentada no sofá depois de tomar um banho quente e relaxado onde algumas lágrimas caíram dos seus olhos, vestia apenas uma camisola de dormir larga e confortável. O jantar com os pais não correu da maneira que ela pensava que iria correr, sabia que não ia ser fácil mas nunca pensou que fosse acabar daquela maneira, nem é mesa se chegaram a sentar. Porem o que mais impressionou Vanessa foi a atitude de Zac, estava perplexa ao vê-lo defende-la daquela maneira, era certo que tinham de passar por um casal unido e apaixonado mas Vanessa nunca pensou que pudessem chegar a tanto, a brincar, a brincar Zac disse tudo aquilo que Vanessa sentia, tudo aquilo que ela queria dizer mas que lhe faltava coragem para o conseguir. Quando saíram da casa dos pais dela Zac nao disse nada, nem sequer tocou mais no assunto, o que para Vanessa foi óptimo visto que ela queria tudo menos falar daquele infeliz acontecimento. Zac levou-a imediatamente para sua casa (casa de Vanessa), esperou que Vanessa tomasse um banho e só então pediram o jantar, um pizza mista foi o suficiente visto que nenhum dos dois estava com grande apetite, durante o almoço pouco falaram, só o suficiente, nao havia clima para tal. Antes de se ir embora Zac certificou-se que Vanessa ficava bem e só então Vanessa ganhou coragem de lhe dizer um singelo obrigado que para Zac foi o suficiente.
Ao chegar a casa Zac foi premiado por uma visita indesejável ...
Zac : algum problema? -perguntou ao dar um beijo na testa da mãe que nao estava com muito boa cara-
Starla : nao sei, o teu pai nao me quis dizer o porquê de estar aqui. -disse enquanto tentava esconder o incomodo de estar a repartir a sala de sua casa com a filha da mulher que tinha destruído o seu casamento e com o tempo a sua família-
Robert (pai de Zac) : já estou aqui é imenso tempo á tua espera. -disse chateado e sem quaisquer tipo de razões para tal, que Zac se lembrasse nao tinha marcado nada com aquele homem-
Zac : que eu me lembre, e corrija-me se estiver em erro, nao marquei nada consigo. -disse frio e irónico-
Karina : o que nos viemos aqui fazer foi dar-te um aviso, um aviso que esperemos que tu acates. -disse a levantar-se do luxuoso sofá que á pouco estava sentada-
Zac : um aviso? -disse desconfiado- nao vejo que tipo de aviso vocês me queiram fazer e que eu possa acatar.
Robert : o aviso que eu te tenho a fazer é simples, eu nao quero que andes a circular pela empresa com a Vanessa ou seja la o nome da rapariga com quem te vais casar. -disse simplesmente como se fosse a coisa mais normal do mundo-
Zac : como? -perguntou estupefacto- você quer que a minha noiva me deixe de visitar á empresa por alma de quem? -perguntou profundamente irritado-
Karina : nos apenas queremos que a empresa continua a ter o ritmo de trabalho normal, coisa que nao acontece quando a Vanessa vai la. -disse a meter-se na conversa-
Zac : isso nao faz qualquer tipo de sentido, a Vanessa vai continuar a ir á empresa quando ela quiser e bem lhe apetecer e espero que nenhum dos dois se arme em esperto e a trate mal. -disse elevando a voz- ela em breve vai ser uma Efron e a empresa vai ser tanto dela quanto minha, ela tem todo o direito de estar la as vezes que quiser.
Robert : Zac esta tarde a empresa parou quando ela apareceu la, isso nao pode voltar acontecer. -disse como se esse fosse realmente o motivo daquele "aviso", queria que Vanessa deixasse de ir á empresa para o seu plano dar certo-
Zac : isso só aconteceu por causa da novidade, dentro de dias já ninguém se lembra e mesmo que se lembrassem eu nao vou deixar de estar com ela por causa disso! -disse mostrando-se chateado com a conversa- e já que esta aqui aproveito para o informar que quero aquela secretaria fora da empresa ou então fora daquele piso, nao a quero a trabalhar comigo diariamente.
Karina : porquê? sentes-te tentado é? -perguntou irónica-
Zac : por aquela loira aguada que nem se consegue mexer dentro daquela roupas? -perguntou a rir-se- se era essa a vossa ideia ao pô-la la deu pro torto, eu nunca me interessaria por uma mulher vendida. Quero que ela saia da empresa por respeito á Vanessa, nao quero que comessem a circular comentários indesejáveis pela empresa. -disse surpreendendo a mãe que estava feliz ao ver  o filho finalmente ganhar juízo-
Robert : eu nao posso simplesmente despedi-la. -disse irritado, iria ser mais complicado do que aquilo que ele pensava conseguir retirar alguma coisa de Zac sobre aquele casamento que tinha alguma coisa que nao batia certo-
Zac : nao precisa despedi-la, apenas a transfira para outro piso da empresa, ou então para outra filiar Efron. -disse simplesmente- nao me interessa aquilo que vai fazer com ela, nao a quero como membro da minha equipa e nao se preocupe que eu mesmo vou contratar uma nova secretaria.
Starla : se era só isso peço-vos que saiam.
Robert : então minha querida Starla, que maneiras são essas? -perguntou sarcástico, atitude que logo irritou Zac, nao admitia que ninguém gozasse com a sua ame, principalmente aquele homem-
Zac : nao dirija a palavra á minha mãe, nao tem calibre para tal, saia de minha casa agora e leve consigo esse projecto de gente a quem o senhor chama filha. -disse inervado- aconselho-o a fazer aquilo que eu disse, nao quero ter de chamar os seguranças para o tirarem daqui, nao iria cair bem na vizinhança. -disse irónico-
Karina : não precisamos de convite para sair, ja não estamos aqui a fazer nada e a minha mãe esta á nossa espera para jantar. -disse chateada, quem Zac pensava que era para a tratar daquela forma?-


Algumas semanas se passaram, o clima entre Zac e Vanessa estava cada vez melhor, as discussões ainda eram permanentes mas todas acabavam no mesmo, num riso incontrolável de ambas em partes, ambos tinham entrado num clima de "amizade", uma amizade estranha e com muitas discussões mas ainda era uma amizade. Com o tempo Zac conheceu Ashley e Vanessa conheceu Taylor, graças a Deus os quatro deram-se bastante bem e tanto Zac como Vanessa conseguiram perceber o clima que havia entre Ashley e Taylor, pareciam duas crianças quando estavam juntos, só gargalhavam.
Vanessa ja tinha avançado com os preparativos para o casamento com a ajuda de Starla, Ashley e de Gina. Por falar em Gina, depois daquela confusão em casa dos seus pais Vanessa não voltou a falar seja com Greg seja com Charlie, nenhum dos dois se dignou a falar com ela depois do sucedido, não iria ser Vanessa a dar o braço a torcer, eram eles que estavam errados, não ela.
Como foi dito em casa dos pais de Vanessa, Gina foi convidada para ir jantar a casa de Zac, onde ficou a conhecer Starla, logo as duas se deram bem, Gina achava Zac o homem certo para a sua filha, bonito, charmoso, bastante educado e acima de tudo com garra, Gina tinha a certeza que Zac era o único homem capaz de "domar" a sua filha que em certas alturas virava uma leoa que ninguém, expecto Zac, conseguia domar.
Faltavam 3 semanas para o casamento, mesmo sendo de mentirinha Vanessa estava nervosa, o casamento iria realizar-se numa quinta bastante requisitada e elegante, o tom do casamento era o vermelho, a cor favorita de Vanessa, ja tinha escolhido o vestido, o cardápio, os convites e tudo mais que era necessário, eram de mais 500 convidados, da parte de Vanessa apenas iam os amigos mais próximos a sua família e alguns tios e primos, perto de umas 80 a 90 pessoas, tudo o resto era convidados de Zac que Vanessa nunca viu e que Zac mal conhecia. Faltava apenas decidir uma coisa que ambos se esqueceram de pensar ...
Ashley : como assim vocês ainda não decidiram para onde vão passar a lua de mel? -perguntou esterica ao telemóvel com Vanessa-
Vanessa : nos esquecemo-nos completamente, eu nunca mais me lembrei disso, havia tanto em que pensar que isso me passou totalmente ao lado. -disse aflita-
Ashley : tens de falar com o Zac antes que vos perguntem para onde vão.
Vanessa : é isso que eu vou fazer agora, ja estou em direcção á empresa. -disse a guiar e a falar ao telemóvel ao mesmo tempo, coisa que Vanessa não gostava de fazer mas que era necessário, de vez em quando-
Ashley : depois liga a dizer onde vai ser, vê se escolhes um pais maravilhoso que quando te casares asserio não vais ter metade do que tens agora! -disse a rir-se-
Vanessa : eu sei, eu estava a pensar em ir para as Caraíbas mas não sei se o Zac quer, talvez ele ja tenha la estado. -disse a pensar no assunto-
Ashley : Caraíbas era uma boa escolha, se não fores agora nunca mais la vais. -disse também a pensar no assunto-
Vanessa : não sei, vou falar com o Zac e depois digo-te alguma coisa. -disse ao parar num semáforo- mas diz-me, como estao as coisas entre ti e o Taylor? -falou com uma voz engraçada-
Ashley : não comeces com isso outra vez, eu e o Taylor somos só amigos, nada mais. -disse sentindo a cara queimar de vergonha-
Vanessa : claro só amigos. -disse como se acreditasse- ele deve estar na empresa, queres que lhe dê algum recado maroto? -perguntou a gozar com a amiga-
Ashley : a única coisa que eu quero que faças é que chegues á empresa e dês um beijo maroto no teu amado noivo, só isso. -disse também a gozar com a amiga-
Vanessa : muita piada tu. -disse chateada, não gostava quando Ashley dizia este tipo de coisas sobre ela e Zac-
Ashley : não, agora a falar asserio, tu bem que podias aproveitar e davas umas cambalhotas com o Zac, ele é lindo de morrer, sem falar que os lábios dele são apetitosos, assim como o corpo que é de tirar o folgo. -disse a suspirar-
Vanessa : aih menos Ashley, muito menos, quando eu der umas cambalhotas com o Zac o mundo acaba. Isso nunca vai acontecer! -disse com uma cara de nojo ao imaginar a cena-
Ashley : tu achas mesmo que vais resistir á tentação de dividir uma cama com aquele homem sem lhe tocar uma única vez?! -perguntou como se a resposta fosse óbvia- CLARO QUE NÃO, amiga o Zac é lindo e tu não vais aguentar estar de reserva durante um ano ou mais, todas nós, mulheres, precisamos de sexo! É a lei da vida!
Vanessa : eu nunca na minha vida vou fazer sexo com o Zac, credo que NOJO!!! -disse alto-
Ashley : nojo é tu desperdiçares uma oportunidade dessas! Todas as mulheres sonham em ir pra cama com ele e tu que tens essa oportunidade nas mãos vais deixar escapar! Acorda pra vida minha filha! -disse com uma voz hilaria- se eu fosse tu agarrava bem essa oportunidade e aproveitava ate não poder mais, ja que estas nesse casamento aproveita os benefícios que ele te trás, e vamos combinar que o Zac não é um beneficio e muito menos um bonos, ele é um Deus grego lindo de cabelos loiros e olhos azuis!
Vanessa : se estas tão empolgada eu não me importo que vás pra cama com ele enquanto estamos casados, agora empurrar-me para cima dele é que não! -disse chateada com a conversa-
Ashley : eu nunca iria conseguir ir pra cama com um homem casado, credo que NOJO! -agora foi a vez de Ashley gritar-
Vanessa : olha eu acabei de chegar á empresa, vou ter de desligar, quando sair daqui ligo-te. Não queres mesmo que diga nada ao Taylor? -perguntou a voltar a gozar com a amiga-
Ashley : vai pro inferno! -Ashley desliga o telemóvel na cara de Vanessa que sai do carro a rir-se ao imaginar a cara que Ashley tinha neste preciso momento
Entrou na empresa e diferente da primeira vez ninguém olhou para ela com admiração, ja todos estavam habituados a ver Vanessa na empresa e com o seu look desconhecido, logo passou pela nova secretaria pessoal de Zac, ele tinha despedido a outra loira aguada e tinha contratado uma mulher mais velha, tinha perto dos seus 50 anos e era bastante simpática, ao passar pela senhora Vanessa sorriu, nem anunciada foi, apenas entrou na sala, encontrou Zac debruçado no trabalho a analisar una papeis que ela não fazia ideia do que eram ...
Zac : a que devo a honra da sua visita minha querida? -perguntou com a sua ironia que ja não era surpresa para Vanessa-
Vanessa : sem ironias que o que me trás aqui é serio. -disse seriamente- caso te tenhas esquecido nos ainda não escolhemos para onde vamos de lua de mel!
Zac : isso é o que tu pensas! -disse a rir-se-
Vanessa : não percebi! -disse com uma cara de quem não estava a perceber-
Zac : o nosso destino de lua de mel ja foi escolhido e a viajem ja foi marcada, não te precisas de preocupar com isso, eu ja tratei de tudo. -disse ao recostar-se na cadeira-
Vanessa : eu não acredito que tu decidis-te isso sem mim! -disse brava- e se eu não gostar do lugar?! e se eu ja tiver la ido?! pensas-te nisso?! -disse com a voz um pouco mais alterada-
Zac : tem calma, eu garanto-te que nunca la foste e que vais adorar! eu apenas não disso para ser uma surpresa! encara como um presente de casamento. -disse ainda com um sorriso na cara-
Vanessa : eu quero que me digas para onde vamos agora! -disse seria e irritada, não gostava que decidissem as coisas sem ela-
Zac : podes esquecer, eu não vou contar-te para onde vamos, eu não contei a ninguém, nem mesmo ao Taylor!
Vanessa : Zac eu preciso saber para fazer as malas! -disse tentando arranjar uma desculpa-
Zac : não te tens de preocupar com isso, eu peço á Ashley para o fazer! -disse a divertir-se com a situação-
Vanessa : a Ashley sabe para onde vamos? -perguntou ja preparada para soltar os cães-
Zac : ainda não mas vai saber e não te vai contar! -disse a rir-se da cara emborrada de Vanessa- não vale a pena ficares assim, eu não vou contar! tira essa cara e relaxa, eu tenho a certeza que tu vais adorar! -disse a levantar-se da cadeira-
Vanessa : duvido! -disse de braços cruzados e ainda de cara emborrada-
Zac : gostas de sol? -Vanessa acenou que sim com a cabeça- então vais gostar, eu tenho a certeza. confia em mim pelo menos uma vez na vida! -disse ao abanar Vanessa devagar-
Vanessa . tudo bem. -disse a rir-se- mas se eu não gostar ficas a dever-me uma viagem! -disse ao apontar o dedo á cara de Zac-
Zac : combinado! -disse a rir-se- dentro de uma semana vamos oficializar o noivado, o jantar vai ser em minha casa, apenas com algumas pessoas, se quiseres convidar o teu pai estas á vontade. -disse voltando a sentar-se-
Vanessa : a minha mãe concertesa vai obriga-lo a ir e tenho a certeza que o Charlie também vem, ele não vai perder uma oportunidade de te afrontar!
Zac : tenho mais receio daquilo que o teu pai pode fazer do que do Charlie, ele não é um problema. É certo que vai tentar algo contigo mas se tu mandares para trás ele desiste. -isto foi uma indirecta?! Concertesa-
Vanessa : não preciso que me mandes indirectas sobre aquilo que devo fazer. -disse chateada? sim!-
Zac : queria apenas relembrar-te que não quero fazer figura de parvo assim como tu não queres fazer de parva! -disse serio-
Vanessa : nenhum de nos vai fazer figura de parvo se nos comportar-mos!
Zac : concordo!
Vanessa : bom eu vou indo, ainda tenho de passar pela casa da Ashley, hoje vamos jantar. -disse ao levantar-se-
Zac : quando chegares e se ainda for cedo liga, eu vou estar em casa com a minha mãe e tenho a certeza que ela me vai perguntar por ti.
Vanessa : tudo bem, quando forem 10 horas eu ligo, quer esteja ou não ja em casa! -disse com um sorriso maroto que não agradou Zac-
Zac : muita atençao com aquilo que vocês vão fazer, nao quero ver o meu nome manchado senhora Hudgens! -disse parecendo estar a brincar quando estava a falar muito asserio-
Vanessa : agora é a minha vez de dizer para relaxares, nos não vamos fazer nada demais, apenas um jantar de amigas em casa! -disse animada-
Zac : tubo bem, não te esqueças de ligar!
Vanessa : combinado! eu vou indo, ate amanha! -Vanessa mandou um beijo pelo ar a Zac e saiu porta fora com um sorriso na cara que deixou muito a desejar para quem o viu e não sabia o que se tinha passado dentro daquela sala, quando estava a entrar no elevador ouve uma voz familiar a chamar pelo seu nome- que se passa? -perguntou ao ver Zac correr em sua direcção-
Zac : não te falta nada? -perguntou com uma das mãos atrás das costas-
Vanessa : que eu tenha reparado não! -disse ao revistar-se-
Zac : não sei como pensavas ligar-me sem isto! -disse ao mostrar a Vanessa o seu telemóvel, tinha-o deixado em cima da mesa de Zac, ja nem se lembrava dele-
Vanessa : nem me apercebi que não o tinha trazido! -disse ao pegar o telemóvel das mãos de Zac, meteu-o logo no saco- agora sim posso ir! -ao lembrar-se de onde estavam e ao ver pessoas á volta Vanessa aproximou-se de Zac e leu-lhe um pequeno beijo, nada do outro mundo e de fazer cair o queixo, mas sim um beijo que criou um sorriso nos lábios e toda a gente que o viu-
Logo em seguida saiu da empresa estranhamente feliz, assim como Zac que entrou na sua sala da mesma maneira que Vanessa saiu da empresa, estranhamente feliz.


Como o prometido é devido aqui esta o capitulo !!! Espero que gostem e que comentem muito, não vou fazer quaisquer tipo de comentário sobre o capitulo, vou deixar isso para vocês. Quero que me digam as conclusões que tiraram deste capitulo e aquilo que esperam que vai acontecer!
6 comentários para o próximo ...
Beijos Manu :)

6 comentários:

Evelly disse...

Ai Manu amei ameeeei
a ashley é das minhas kkkkk
hum tenho certeza que a Vanessa
vai adorar a lua-de-mel e o Zac também kkkk tomara que eu esteja certa amo essa fic posta logo bjs

• Paula disse...

AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAA
Que cap lindo!
Amei amei amei
O Zac e a Vane estão começando a gostar um do outro!
Ai que fofo!
Posta logo
Bjos amorê

Anónimo disse...

o capitulo ta simplesmente lindo, fantastico, amei...
posta logo
bjx grande

Edyh_2012 disse...

Uhuh...
So espero q dessa lua de mel nao passa para os sentimentos virem a tona
Posta logo flor
Kiss

Anónimo disse...

lindo lindo lindo amei mal posso esperar pelo próximo...

Anónimo disse...

o capitulo ta muito legal...
posta logo pf